3 Item(s)

por página
Set Ascending Direction

Na maioria das casas, a garagem é usada para armazenar objetos dos quais não queremos nos livrar, porém não mais usamos, certo? Além do espaço destinado ao carro, a garagem frequentemente se torna o cantinho da bagunça, servindo como um depósito. Contudo, com algumas dicas podemos organizar esse ambiente de tal forma a torná-lo um cômodo funcional e bem charmoso.

garagem

O primeiro passo para renovar a aparência da garagem é começar pela pintura. Ambientes escuros e malconservados não são agradáveis, portanto o ideal é torná-los mais atrativos e claros. Com a escolha certa da coloração das paredes podemos criar uma sensação de amplitude e aumentar facilmente a iluminação. Escolher tons vibrantes também pode ser uma boa aposta para aqueles que desejam dar mais personalidade à garagem.

A próxima etapa é se livrar daquilo que não for realmente necessário. A garagem não deve servir para armazenar velharias e inutilidades. Portanto, se algo precisar de conserto arrume, o que puder ser reaproveitado recicle, e itens em bom estado e sem uso devem ser doados. Livre-se dos excessos e libere espaço. Para ajudar na organização, o ideal é investir em prateleiras, caixas e cestos organizadores. Manter um padrão na hora de guardar os objetos também irá ajudar no processo. Mantenha próximo os objetos semelhantes ou de mesma função. Além de ajudar na arrumação, prateleiras podem ser ótimas peças decorativas. Caixas são boas para objetos menores; dê preferência às caixas transparentes para facilitar a visibilidade dos itens armazenados ou então aposte em etiquetas para identificação do que foi guardado. Se sua garagem for pequena, invista em ganchos e pregos para pendurar maletas, ferramentas, escadas, skates e bicicletas.

Caso a ideia seja repaginar completamente sua garagem, uma boa opção é torná-la um local mais funcional, mudando a finalidade do ambiente. Transformá-la em uma espaçosa lavanderia, um closet para sapatos (organizados em caixas, livre de poeira) ou até levar sua escrivaninha de trabalho para lá (caso haja iluminação suficiente para isso). Com criatividade e disposição tudo é possível. Mãos na massa! 

Postado em Dicas Por Equipe Cidade dos Móveis

Se você está procurando um item para incrementar a decoração de qualquer ambiente, as mesinhas podem ser uma ótima solução. Podem ser usadas por inúmeras razões, oferecendo grande versatilidade para quem deseja dar uma nova roupagem a qualquer cômodo da casa. Agregam funcionalidade, além de serem excelentes peças para preencher um canto vazio e criarem mais espaço de armazenamento. Mas, é preciso ter cuidado na hora da escolha, levando em consideração detalhes e estilos para não errar na decoração.

mesinha

Em caso de mesinhas laterais pequenas é preciso saber que não há espaços para muitos enfeites, portanto bastam poucos detalhes para dar um aspecto agradável. Alguns livros ou um pequeno vaso de flores já será o suficiente. Caso o desenho da mesinha seja especial, vale a pena considerar deixa-la sem qualquer ornamento por cima. Se a sua mesa tiver uma aparência mais rústica, uma boa opção é decorá-la com detalhes orgânicos e naturais, deixando-as em locais abertos como terraços ou varandas.

Se você procura um acessório simples e sem exageros, que tal optar por uma mesinha preta? Com uma cor neutra, você poderá colocar um belo vaso mais chamativo ou uma pilha de livros com capaz bonitas, enchendo o ambiente com charme e sofisticação. Outra boa alternativa são mesinhas brancas. Versáteis, podem ser usadas em qualquer estilo de decoração e combinam com praticamente tudo que se colocar sobre elas.

Mesas redondas também são ótimos coringas na decoração. Dependendo do estilo do móvel, opte por livros, vasos ou até um belo abajur. Independente do formato, uma ideia bem glamourosa e moderna é investir em mesas espelhadas ou de vidro. Peças de vidro com toque dourados trarão uma sofisticação a mais para sua casa.

Portanto, solte a imaginação e deixe as mesinhas fazerem parte da sua decoração. O resultado será agradável, além de prático e bonito! 

Postado em Dicas Por Equipe Cidade dos Móveis

Dispor os móveis corretamente faz toda a diferença no aproveitamento, fluxo e espaço de um ambiente. Muitas vezes a regra do “menos é mais” funciona muito bem. Considerando os principais layouts de quarto (convencional, tipo lounge, pequeno e compartilhado), essas dicas podem ajudar você a aproveitar melhor o espaço disponível. 

Em um quarto convencional, cabe o uso da regra “uma cama, dois criados-mudos, uma cômoda e um espelho”.
Encoste a cabeceira da cama na parede que não seja a da janela nem a da porta, um criado-mudo de cada lado e a cômoda à frente, junto com o espelho.

Conventional

Se o espaço do quarto for mais amplo, é interessante fazer um lounge (um canto de leitura, por exemplo); neste caso, vale manter a disposição da cama e criados do primeiro layout, mas com a cômoda e o espelho em uma parede lateral, deixando um espaço para encaixar poltronas ou um sofá pequeno.

Lounge Like

Em quartos pequenos, o melhor é colocar a cama encostada na parede, apenas um criado-mudo e a cômoda em frente. Podem ser usados móveis embutidos, que permitam a montagem de um armário e uma cama retrátil. Outra boa dica é usar espelhos para dar a sensação de amplitude.

tiny bedroom

No caso de quartos compartilhados, para aumentar a sensação de individualidade, disponhas as duas camas com as cabeceiras encostadas na mesma parede, deixe um espaço e coloque o criado-mudo entre elas. As cômodas e o espelho ficam na parede oposta, e mantenha as paredes laterais disponíveis para adicionar uma estante, por exemplo.

Shared Space

Postado em Dicas Por Equipe Cidade dos Móveis

3 Item(s)

por página
Set Ascending Direction
Norton Safe Web     Google Safe Browsing     Entrega Garantida     Compra Protegida     Selo RapidSSL